468x60cm_NOVA-ANDRADINA_PEPI.gif
prefeitura 09.jpg

COMTUR NOVA ANDRADINA APRESENTA PROPOSTA PARA O PLANO MUNICIPAL DE TURISMO 2021-2023

Cogecom,

21/07/2021 às 11:20 • Atualizada em 21/07/2021 às 11:42

Divulgação

 

O Conselho Municipal de Turismo e a Prefeitura de Nova Andradina reuniram nesta terça-feira (20), representantes do trade turístico, vereadores, secretários municipais de vários setores, Acina, Sebrae e universitários para apresentar a proposta para o Plano Municipal de Turismo 2021-2023.

A proposta é baseada no plano de regionalização nacional do turismo e visa alinhar as ações que serão desenvolvidas nos próximos dois anos, atrair investimentos públicos e privados e promover um efetivo crescimento da demanda turística. 

Ao explanar os principais tópicos do plano, a professora do IFMS, Débora Ocon, afirmou que as diferentes visões – econômica e humana - devem convergir para promover e garantir a integração da cadeia produtiva do turismo, dando condição para a viabilização das ações do Conselho Municipal de Turismo serem implementadas.

“A melhoria da nossa qualificação como cidade turística passa pelo fortalecimento do Comtur, sensibilização do envolvidos na cadeia, participação ativa no Fórum Regional do Vale das Águas e fortalecimento dessa região, na qual Nova Andradina é polo”, destacou a docente.

Esta meta será atingida através de parcerias, criação e adequações de infraestruturas de apoio, criação de um ambiente de capacitação contínua para a viabilização de mão-de-obra especializada, captação e promoção de investimentos, apoio ao Cadastur, confecção de material midiático de divulgação de infraestrutura local e regional, entre outras medidas necessárias para aumentar a competitividade turística. 

O secretário de meio ambiente e desenvolvimento integrado, Hernandes Ortiz, reiterou o apoio do governo municipal na unificação de ideias e propostas para estimular o setor e movimentar a economia local. “Ao alavancar o turismo, distribuímos riquezas, geramos emprego e colocamos Nova Andradina no mapa do desenvolvimento. A gestão vai continuar dando total suporte ao Comtur e a toda cadeia produtiva. Não podemos fazer tudo, mas tudo que pudermos vamos fazer”.

Em meados de agosto, o Comtur irá fazer a apresentação da versão final do Plano Municipal de Turismo. Até o dia 31 de julho, os interessados podem contribuir de forma democrática e coletiva para a construção deste documento que irá nortear as futuras iniciativas do setor.

A proposta do Plano Municipal de Turismo pode ser acessada pelo google drive. É possível dar sugestões e fazer comentários com o intuito de contribuir com as ações. O Comtur está aberto a participação de empresários e interessados no desenvolvimento do turismo no município.

Link para comentários e sugestões:

https://drive.google.com/drive/folders/1P6H5XltUScqqpGndLcgqS0bD8962CFqo

prefeitura 10.jpg

PREFEITO GILBERTO GARCIA RECEBE PLANO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL PARA MUNICÍPIOS DO CONEVALE

Documento é resultado das ações do Programa Líder, desenvolvido pelo Sebrae e setores organizados da sociedade desde 2019

Cogecom,

21/07/2021 às 13:00 • Atualizada em 21/07/2021 às 13:06

João Cláudio

 

O prefeito José Gilberto Garcia e o secretário de meio ambiente e desenvolvimento integrado, Hernandes Ortiz, receberam das mãos dos líderes que integram o Programa Líder, o Plano Estratégico de Dsenvolvimento Regional para os municípios do Conevale, que reúne as 12 cidades que integram o Conesul e o Vale do Ivinhema.

A entrega foi oficializada no gabinete do Paço Municipal, na manhã desta quarta-feira (21), pelos empresários Bruno Suguita Yasunaka e Tina Escarmanhani. O gerente de de Indústria, Comércio e Turismo, André Vicente Delgado, também esteve presente no ato simbólico.  

O Plano é o instrumento de macro planejamento da região do Conevale, sendo o norteador de políticas de desenvolvimento regional, além de promover a integração de políticas públicas e o mapeamento de oportunidades e novos eixos de desenvolvimento.

Foram elencados 4 eixos estratégicos de atuação dos líderes: Ambiente de negócio e infraestrutura produtiva; Educação Empreendedora e Tecnologias Integradas; Valorização e Promoção do Territorio e Governança Territorial.

Segundo a empresária Tina Escarmanhani, dados estatísticos e estudos complementares revelaram que as potencialidades, oportunidades, fraquezas e ameaças, na maioria das vezes, eram comuns entre os municipios. “Através do programa Líder do Sebrae, a partir de agosto de 2019, reunimos lideranças dos diversos setores da sociedade. Este grupo definiu seus valores estratégicos, a sua missão e a visão de futuro para a região do Conevale e, finalmente, o plano de ações para cada uma das iniciativas estratégicas”, explicou.

As ações propostas têm a finalidade de proporcionar a integração entre as lideranças e ao mesmo tempo estimular a convergência das demandas e das soluções, com destaque para a criação de um ambiente favorável aos pequenos negócios para o desenvolvimento regional sustentável, de forma participativa com os setores.

De acordo com o líder do Conevale, Bruno Yasunaka, as diretrizes vão nortear as ações pela próxima década. Todavia, a proposta estará em contínua transformação e construção, pois novos líderes poderão se juntar aogrupo inicialmente formado, constituindo uma rede em prol do desenvolvimento da nossa região.

“Os Líderes se manterão engajados e, a partir desses quatro eixos, irão propor ações que possibilitem a formação de uma rede de desenvolvimento, que fará com que toda a região do CONEVALE seja, de fato, um ambiente em que Gente que inspira Gente. Somente com a participação de muitas pessoas e instituições conseguiremos uma transformação no nosso território”, finaliza o engenheiro ambiental.

Para o secretário Ortiz, pensar de forma regionalizada é fundamental para desenvolver os municípios. “Nossa região é grande, mas tem muitos pontos que convergem. Se caminharmos juntos, encontrarmos as nossas vocações, vamos crescer e desenvolver os municípios com sustentabilidade”.

Os municípios que fazem parte do CONEVALE são Anaurilândia, Angélica, Batayporã, Eldorado, Iguatemi, Itaquiraí, Ivinhema, Naviraí, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Tacuru e Taquarussu.

O prefeito José Gilberto Garcia e o secretário de meio ambiente e desenvolvimento integrado, Hernandes Ortiz, receberam das mãos dos líderes que integram o Programa Líder, o Plano Estratégico de Dsenvolvimento Regional para os municípios do Conevale, que reúne as 12 cidades que integram o Conesul e o Vale do Ivinhema.

A entrega foi oficializada no gabinete do Paço Municipal, na manhã desta quarta-feira (21), pelos empresários Bruno Suguita Yasunaka e Tina Escarmanhani. O gerente de de Indústria, Comércio e Turismo, André Vicente Delgado, também esteve presente no ato simbólico.  

O Plano é o instrumento de macro planejamento da região do Conevale, sendo o norteador de políticas de desenvolvimento regional, além de promover a integração de políticas públicas e o mapeamento de oportunidades e novos eixos de desenvolvimento.

Foram elencados 4 eixos estratégicos de atuação dos líderes: Ambiente de negócio e infraestrutura produtiva; Educação Empreendedora e Tecnologias Integradas; Valorização e Promoção do Territorio e Governança Territorial.

Segundo a empresária Tina Escarmanhani, dados estatísticos e estudos complementares revelaram que as potencialidades, oportunidades, fraquezas e ameaças, na maioria das vezes, eram comuns entre os municipios. “Através do programa Líder do Sebrae, a partir de agosto de 2019, reunimos lideranças dos diversos setores da sociedade. Este grupo definiu seus valores estratégicos, a sua missão e a visão de futuro para a região do Conevale e, finalmente, o plano de ações para cada uma das iniciativas estratégicas”, explicou.

As ações propostas têm a finalidade de proporcionar a integração entre as lideranças e ao mesmo tempo estimular a convergência das demandas e das soluções, com destaque para a criação de um ambiente favorável aos pequenos negócios para o desenvolvimento regional sustentável, de forma participativa com os setores.

De acordo com o líder do Conevale, Bruno Yasunaka, as diretrizes vão nortear as ações pela próxima década. Todavia, a proposta estará em contínua transformação e construção, pois novos líderes poderão se juntar aogrupo inicialmente formado, constituindo uma rede em prol do desenvolvimento da nossa região.

“Os Líderes se manterão engajados e, a partir desses quatro eixos, irão propor ações que possibilitem a formação de uma rede de desenvolvimento, que fará com que toda a região do CONEVALE seja, de fato, um ambiente em que Gente que inspira Gente. Somente com a participação de muitas pessoas e instituições conseguiremos uma transformação no nosso território”, finaliza o engenheiro ambiental.

Para o secretário Ortiz, pensar de forma regionalizada é fundamental para desenvolver os municípios. “Nossa região é grande, mas tem muitos pontos que convergem. Se caminharmos juntos, encontrarmos as nossas vocações, vamos crescer e desenvolver os municípios com sustentabilidade”.

Os municípios que fazem parte do CONEVALE são Anaurilândia, Angélica, Batayporã, Eldorado, Iguatemi, Itaquiraí, Ivinhema, Naviraí, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Tacuru e Taquarussu.